Cobranças e pressões

Talvez a maior dificuldade do ser humano seja em lidar com aquilo que não se sabe, ou se sabe menos do que outro.

Nós sentimos angústias frente a alguém que sabe mais do que nós (lembrem-se, somos seres competitivos e incentivados a competir). Nos perguntamos onde erramos e como fazer para acertar.

A nossa “querida e amada” sociedade não lida bem com quem erra. Do riso ao deboche, até a vaia há um longo caminho de subjetivações e cobranças de acertos e perfeições, que nos faz, exageradamente falando ou não, querer cometer suicídios.

É meus caros, “suicídioS” no plural, porque a cada não tentativa (por medo de errar) suicidamos nossos sonhos, desejos, e nos suicidamos pra vida…

Não, não condeno quem sucumbe às pressões, em vários aspectos fazemos isso todos os dias, e não poderia condenar alguém por isso, pois estaria me condenando também. Isso tudo é apenas uma constatação da vida real, dura, fria e intolerante.

O mais hipócrita é que mesmo quem erra e sucumbe a essas pressões, não aceita o erro do outro. Eu erro, eu cobro, você que está lendo, também erra e aponta o erro alheio… de preferência como se sua vida fosse perfeita.

Não sabemos de tudo, nem devemos tentar saber tudo. Nossa sociedade cobra, é difícil não cobrar o outro e se auto-cobrar.

Somos balões cheios e apertados. Até quando conseguiremos viver assim? Estamos eternamente crianças que não lidam bem com frustrações, ou ainda (E MUITO PIOR) adultizamos as crianças e a nós mesmos tão cedo a não errar que estamos assim?

Não sei se somos adultos que não sabem lidar com erro, ou crianças que não podem errar.

Estamos matando a experiência a partir do erro, ou suicidando, como queiram… nós não podemos mais errar e como isso é triste e deprimente e “ansiador” de muitas coisas… iremos para o túmulo podendo dizer “errei mas aprendi”, ou “sou muito foda, não errei, mas não sei bem o que fiz”???

Não, meus textos não são propositivos (exceto os políticos), só reflexivos… não sei como lidar com isso tudo também… é sofrido, é dolorido demais…

Até mais…

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s