FIlmes filmes e mais filmes

Já começo explicando que não, não é um post sobre filmes ou algo do gênero! É só meus comentários sobre o filme “As melhores coisas do mundo” e todo em torno que estava comigo.

Olhei o filme com pessoas conservadoras… foi foda… com excessao do meu irmão… foi foda…

Mas vamos aos comentários
1º) Medo de terminar como o pai do garoto: juro que às vezes penso que o que acontece com os pais dos personagens principais pode vir a acontecer comigo… passar vivendo uma vida d mentiras pra num fim descobrir exatamente isso: que vivi numa mentira…
2º) Escola: a escola é uma produtora de doenças da sociedade… a intolerância o não aceite de diferenças… se pararmos pra pensar… quem nunca, mesmo sem querer já não foi filho da puta com alguém muito próximo?? Eu já fui e admito isso… é foda, confesso que isso perturba meu sono às vezes… mas confesso também que já foram muito filhos da puta comigo também…
3º) Adolescentes cruéis? : essa pergunta se faz pertinente após ouvir uma homofóbica falar pra mim isso ao final do filme. Os Adolescentes cruéis?? Talvez sim, mas só são cruéis porque foram criados nesse meio PODRE, porco, conservador que não aceita nada que saia de suas “caixinhas” de “normais” da sociedade. A adolescência por si só já é complicada, mudança de hormônios, o primeiro fora, a primeira transa…. o primeiro “não” para os pais… o primeiro “tapa na cara” da vida…. a 1ª tentativa de alguma afirmação do “quem sou eu” para o mundo… tudo está mudando e é dificil aí mais a pressão do mundo que quer te exigir como adulto mas te dá apenas direitos de criança…
4º) Sociedade: nossa essa é a mais podre… onde tudo gira em torno do dinheiro e moralismo… que merda é essa em que “nossa não posso ter ninguém perto de mim homossexual?”. Há uma passagem no filme em que o personagem diz “se fosse o pai dos outros…” e por que diabos é assim? Sempre tem um porém… SEMPRE… é sempre aqueles exemplos clássicos de “eu até aceito, mas meu filho não…” Desculpe-me, pra mim isso não vale nada! Seja como o Bolsonaro então q pelo menos segue uma mesma linha de pensamento… é meio radical isso, mas enfim…

Tenho poucas certezas na minha vida… mas uma dessas poucas é q tenho mto medo de reproduzir esses comportamentos idiotas e conservadores qd eu tiver filhos. Na real morro de medo da adolescência.

O comentário é breve mas essa convivência com conservadores me fez e me faz agir de maneira estúpida por vezes… e o qto mais próximo de nós o conservadorismo, mais difícil de derruba-lo.

No momento é isso que tenho a dizer…

Há braços coletivos p td mundo e…
Beijos pra Greice

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s